Receita para uma pele mais jovem


O envelhecimento chega para todos, mas já existem diversas maneiras de conter a ação dos anos sobre a pele, e isso faz com que as clínicas dermatológicas fiquem repletas de mulheres e homens que querem aproveitar os benefícios estéticos disponíveis. Segundo a dermatologista Camila Hofbauer, os tratamentos mais utilizados em consultório são: a aplicação de toxina botulínica para amenizar as rugas do terço superior da face; os preenchimentos com ácido hialurônico para atenuar as linhas de expressão e dar volume aos lábios, que com o passar dos anos, perdem a hidratação e os contornos; a realização de peelings químicos que melhoram a textura da pele, além de suavizarem as linhas finas e as manchas discretas do rosto; e as sessões de laser e luz intensa pulsada, que também são comuns para estimular o colágeno, clarear as manchas e reduzir os vasos que, com o tempo, ficam mais aparentes. Cada paciente passará pela análise de um médico para que seja indicada a técnica adequada.

E a especialista já aponta, por exemplo, dois casos de contraindicações: “Não é recomendado o uso de qualquer laser em pessoas que tenham melasma, pois a condição pode se agravar com o tratamento. Além disso, os peelings mais potentes podem desencadear alergias e irritações nas peles mais sensíveis”. Nossa outra dermatologista entrevistada, Cintia Cunha, salienta que hoje há alternativas para todos os bolsos. “Os peelings são opções boas e econômicas para renovar a superfície cutânea e rejuvenescê-la, melhorando bastante o aspecto da pele em pouco tempo. Geralmente, os produtos são aplicados na face, nos braços ou no colo a cada 15 dias, com uma média de seis sessões.” Se fosse para escolher um creme rejuvenescedor, seria o filtro solar. É comprovado que 70% do envelhecimento da pele está relacionado à exposição solar casual ou intencional ao longo da vida. A prevenção deve começar na infância, com o uso de protetor regularmente. O sol que tomamos diariamente no carro ou em uma caminhada já é prejudicial; por isso, usar um filtro solar que tenha pelo menos FPS 30 todos os dias nas áreas expostas é fundamentalÉ importante lembrar que o bom resultado de qualquer tratamento depende também de um estilo de vida saudável.
“Uma alimentação rica em frutas, legumes e verduras auxilia no retardamento do envelhecimento de
vido ao papel que essas vitaminas desempenham no combate aos radicais livres”, afirma Cintia. A médica ressalta ainda a importância de se ter cuidado com o sol. “Se fosse para escolher um creme rejuvenescedor, seria o filtro solar. É comprovado que 70% do envelhecimento da pele está relacionado à exposição solar casual ou intencional ao longo da vida. A prevenção deve começar na infância, com o uso de protetor regularmente. O sol que tomamos diariamente no carro ou em uma caminhada já é prejudicial; por isso, usar um filtro solar que tenha pelo menos FPS 30 todos os dias nas áreas expostas é fundamental!” Por fim, é bom não esquecer a rotina de cuidados com o rosto. Camila Hofbauer dá a receita da manutenção: “Em casa, recomendamos limpar bem a região duas vezes ao dia com produtos adequados a cada tipo de pele e aplicar cremes anti-idade mais potentes à noite, que contenham ácidos em sua composição para estimular a produção de colágeno, melhorar a textura e uniformizar o tom da pele. Pela manhã, pode-se utilizar seruns com vitamina C após a limpeza – uma tendência mundial. E, claro, fazer uso diário do filtro solar com FPS mínimo de 30”.

LEIA MAIS IMPRIMIR ou SALVAR COMPARTILHAR ou SALVAR SALVAR PDF